segunda-feira, 21 de julho de 2014

Álbum para scrapbook em tecido

Este álbum, lilás e branco, florido, super delicado, seguiu na quinta passada, para SC.
Para a Diane montar um scrapbook para sua pequena Natalie.


 





segunda-feira, 14 de julho de 2014

A primeira máquina de costura

Meu sumiço na semana passada foi em função da chegada dela, a Nina, minha primeira máquina de costura.
Me desculpem. (Jetro Guibs fala para não pedir desculpas que é sinal de fraqueza... rs)

Precisava deste tempinho, pra gente começar a se entender.

Ainda estamos nos conhecendo, mas nossa amizade parece promissora.

Sempre fiquei encantada com trabalhos em patchwork e aplique, e estou super feliz de estar entrando no mundo da costura.

Nos aniversários da Mi quando precisava de um caminho de mesa, por exemplo, tinha que recorrer a alguma costureira, e agora posso eu mesma resolver o problema.

Tenho muito o que aprender. Há um mundo de possibilidades entre tecidos, agulhas e linhas, mas prometo compartilhar com todas, as novidades e descobertas.
Vamos aprendendo juntas.

E aqui está nossas primeiras criações, minha e da Nina, com a colaboração da minha prima Dulce, que faz pintura em tecido (cada trabalho mais lindo que o outro), mas também costura suas produções, e partilhou comigo a afeição pela Nina.

Jogo americano da joaninha - o de cima (o que tem as anteninhas e as nervuras da folha pintadas) minha prima trouxe para servir de mostruário, e o que fiz logo abaixo, com as anteninhas tortas, produzidas com um ponto decorativo da Nina.

Sempre gostei do ponto caseado, e a Nina tem 2 pontinhos caseados

 Olha que linda a Magali que a Mi escolheu para a Dulce pintar

Mas o vestidinho é um aplique que eu fiz


Os primeiros panos de pratos, com barrinhas fofas. 
Minha prima pinta-os. 
Mas sinceramente, vou deixá-los assim. Se eu fizer alguma aplicação neles, não vou querer usá-los. rs


 A Mi após ter as madeixas cortadas aderiu literalmente a uma faixa que veio com uma bermuda que compramos, e embora tenha tiaras, e outras faixas, não tirava a dita cuja da cabeça. Então fizemos várias em malha.
Pena que após experimentar todas, respondeu a nossa pergunta de qual tinha gostado mais, apontando para a acabadinha de uso. Ôhhhhh, sniff

Caminho de mesa com sianinha em ziguezague e onde irei colocar apliques no centro.
Ainda não decidi o que, mas sei que irei aproveitá-lo na decoração da festinha com a Peppa.
Talvez corações, para combinar com os mobiles de coraçõezinhos de feltro e fitas.

Olha como ela faz o cantinho, diferente do que comumente encontramos em revistas.
Este ela fez praticamente sozinha, porque com as atividades normais do dia a dia, não tivemos tempo suficiente para tudo o que planejamos costurar juntas, antes de seu regresso ao lar.

E é isso aí, agora faço parte do clubinho da costura.

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Caixa redonda decorada com tecido

E ainda em meio a torcida pelos jogos da copa, os preparativos para a festa da Peppa Pig continuam por aqui.

Verdade é que farei uma pausa na produção, porque a nova integrante da família acaba de chegar. A minha primeira máquina de costura,  e que ainda não foi batizada. Então vou me dedicar a entendê-la, e assim tornar nossa união feliz, prospera e duradoura.

Entretanto na última semana, invoquei em fazer suportes para colocar os bichinhos de pelúcia, made in China, que estão chegando, nos próximos 40 dias, para decorar a festinha da Yasmin com a Peppa, e que servirão para dar relevo a família pig.
Pensei em caixinhas decoradas porque após o evento serão úteis, sem mencionar a fofura que são, forradas com tecidos mimosinhos.


Então pedi ajuda ao Sr. Google, e encontrei dois vídeos bem instrutivos. Comprei o material, arregacei as mangas, e fiquei satisfeita com o resultado.
Na realidade fiquei muito orgulhosa. Namorei as caixinhas por uns dias, de tão apaixonada. rs

E como sempre conto tudo por aqui, vamos lá:

Sobre como fazer a caixa de papelão redonda:
Se tiver afim de produzir você mesma a caixa que será decorada, o vídeo do Youtube, de 3 min (link abaixo) vai te dar uma luz.
A vantagem, além do menor custo, é que você tem a oportunidade de escolher a dimensão da caixinha, para que caiba perfeitamente em seus planos decorativos.

https://www.youtube.com/watch?v=gFBo0gcS-VI

O papelão grosso indicado no vídeo como material necessário, pode ser o papelão Paraná, na menor gramatura, encontrado facilmente em livrarias.
A cola de artesanato pode ser a Cascorez, que também encontramos com facilidade, em supermercados, e lojinhas como Le Biscuit.
Para cortar o papelão o ideal é que utilize uma base de corte, para não estragar sua mesa.

Sobre como decorar a caixa de papelão redonda com tecido:
Já o link abaixo, também de um vídeo do Youtube com duração de 15 minutos, te ajudará a forrar sua caixinha com tecido.

https://www.youtube.com/watch?v=-yu96-bVUYI

A cola é a mesma utilizada na confecção da caixa de papelão.
E bom lembrar que o tecido tem que ser 100% algodão, que além de tornar a aplicação mais simples, deixa o trabalho com melhor acabamento.

Apliquei sianinha na borda da tampa, com um pincel pequeno distribuindo delicadamente a cola nas bordas que foram fixadas.

E aqui estão as lindinhas da mamãe, com 15 cm de diâmetro e altura de 6, 8 e 10 cm:




Como a família Pig tem 4 integrantes, para a Peppa, a convidada especial, farei duas caixas com diâmetros diferentes e mesma altura, em tecido azul e rosa floral, para sobrepor.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Noiva caipira em tempos de copa

Roupa caipira customizada, em clima de festa junina, mas sem perder a alegria da comemoração esportiva.

Ehhh - 4 x 1 - Brasil  !!!!!!
e finalmente achei o cabo de USB, para baixar as fotos



segunda-feira, 16 de junho de 2014

Decoração para a copa do mundo - 2014

Ano passado nesta mesma época, a decoração da casa seguia estilo junino, em comemoração as festinhas de São João, tão comuns por aqui, e que amamos (eu - baiana de origem e de coração, e a Mi - mineira naturalizada baiana, porque papai é um paulistano inveterado).

Mas como não poderia deixar de ser , o foco do momento é a copa, e embora não torçamos para nenhum time em competições nacionais, meu marido nem gosta de futebol nos empolgamos durante este evento de união, porque a copa é mais do que uma simples competição esportiva, é uma festa de confraternização mundial.
Para ela, nos pintamos vestimos de verde e amarelo, torcemos atacamos de vuvuzelas e vibramos, como todo bom torcedor, alucinado em frente a TV.

E para entrar no clima, aproveitamos materiais que tínhamos em casa para customizar adereços, e colorir nossos dias de verde e amarelo.













segunda-feira, 9 de junho de 2014

Festa de aniversário em tempos de copa

Minha irmã caçula completou mais um ano de vida, e eu não poderia deixar de contribuir, com alguma arteirice para a festinha.

A casa já estava decorada para o São João em tempos de copa, com bandeirolas e balões verdes e amarelos, então, segui a combinação de cores para a produção.

Bolo de aipim (macaxeira, mandioca), que passei a receita na semana passada AQUI, para adoçar a boca, após o almoço da família e amigos.
Para facilitar, e cada um se servir à vontade, cortei em pedaços e os acomodei com fundo para doces, já que o quitute é úmido e "melecaria" a forminha de papel.


Usei forminhas para empadas e mini cupcakes, com os fundos plásticos.

Também preparei solapas, para saquinhos com jujubas.
Cortei cartolina amarela Vivaldi da Canson, em retângulos de 10 x 5 cms, onde coloquei um balão cortado com perfurador para scrap, e um pedaço de linha para pesponto azul marinho.
Simples, fácil, colorido e alegre, porque embora a comemoração fosse de gente grande, tinham crianças presentes. A minha pequena amou.





E para lembrancinha, potinhos de acrílico com biscoitos.
Decorados com florzinhas cortadas em dois tamanhos, fita espumada ou banana, para dar relevo, e botões.









Os biscoitinhos são resultado de uma receita antiga, que faço desde a adolescência, e depois divido com vocês.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Receitas para festinha junina

O mês de junho chegou, e com ele, as festinhas de São João, muito animadas por aqui pelo nordeste.

Eu sou fã das músicas típicas da época, e da comida então, nem vou contar o quanto.

Mas vou contar sobre minhas receitinhas favoritas, porque além de deliciosas, são fáceis de preparar.
Anote aí:
imagem - banco de imagem


1- BOLO DE AIPIM (ou macaxeira, ou mandioca)


Ingredientes:
1 kg de aipim
2 xícaras de açúcar
200 ml de leite de coco
200 ml de leite de vaca
4 ovos
2 colheres de sopa de manteiga
1 pitada de sal

Preparo:
  • Bata todos os ingredientes no liquidificador
  • Coloque em forna untada
  • leve ao forno quente, pré aquecido, para assar


2- MUNGUZÁ (ou canjica de milho branco)

Ingredientes:
1 pacote de 500g de munguzá
1 colher de sopa de manteiga
1 lata de leite condensado 
1 garrafinha (200ml) de leite de coco
1 l de leite adoçado
100g de flocos de coco 
Amendoim sem casca torrado e triturado a gosto (coloco 1/2 x de chá)
1 pitada de sal

Preparo:
  • Lave bem os grãos do munguzá
  • Coloque com 3/4 de água e a manteiga, na panela de pressão, e deixe por aproximadamente 20 minutos, após a panela pegar pressão
  • Acresceste todos os outros ingredientes, mexa e deixe ferver mais um pouco


3- BOLO DE MILHO VERDE

Ingredientes:
1 lata de milho verde sem o liquido da conserva 
1 garrafa de 200ml de leite de coco
3 ovos
1 1/2 xícara de açúcar
1 xícara de farinha de milho em flocos grossos 
1 colher de sopa de fermento
- Coloco flocos de coco também

Preparo:
  • Bata todos os ingredientes no liquidificador
  • Leve ao forno pré aquecido para assar